Embalagem

Embalagem

O crescente volume de vendas no setor varejista acarretou em mais operações logísticas, o então estoque que anteriormente servia como segurança disponibilizando os produtos para consumo imediato agora já não mais trabalha nos mesmos moldes, sendo racionalizado na medida que atenda as necessidades momentâneas equilibrando a demanda com a disponibilidades dos produtos, no varejo podemos entender que o que não pode faltar é clientes e mercadorias disponíveis para a venda.


Na busca por atender da melhor forma os clientes a exposição dos produtos nas gôndolas tendem a ser mais atraentes e informativos, não basta a simples exposição se estes produtos não acompanham algumas recomendações impostas pelos órgãos que regulam as atividades no setor e de certo que fazem os produtos ficarem mais atrativos.

Portanto as embalagens reúnem alguns elementos considerados necessários tais como: “Informações sobre composições nutricionais, prazos de validade, fabricante, serviço de apoio ao consumidor, agência reguladora e advertências sobre como acondicionar, manusear e manter em local apropriado, etc…”.

No âmbito da Logística essas embalagens também trazem algumas características que facilitam a sua movimentação e estocagem, mesmo que a preocupação seja reduzir os estoques a movimentação de transporte e atividades de carregamento e descarregamento nas docas devem ser acompanhadas se certos cuidados e acondicionamento das mercadorias para evitar avarias operacionais e outras perdas provenientes da má operacionalidade e gestão.